Filtros HEPA H13. PCO. Ionizador e UVC

A forma mais eficaz de melhorar a qualidade do ar interior é reduzindo ou removendo as fontes de poluentes e ventilar com ar exterior limpo. Estudos mostram que filtrar o ar pode ser eficaz no controlo e ventilação de poluentes. A utilização de um filtro de ar portátil e/ou a atualização do filtro de ar no seu sistema central de aquecimento, ventilação e ar condicionado (HVAC) pode ajudar a melhorar a qualidade do ar interior, reduzindo sua poluição.


Purificadores de ar e filtros HVAC podem ajudar a reduzir os contaminantes transportados pelo ar, incluindo vírus, num edifício ou em espaços interiores.

Esses equipamentos filtram poluentes ou contaminantes do ar que passa através deles. Os purificadores de ar podem ser particularmente úteis quando a ventilação adicional com ar exterior não é possível sem comprometer o conforto interior (temperatura ou humidade) ou quando a poluição do ar exterior é elevada.

Filtros HEPA H13 – PCO – Ionizador – UVC – Carbono

HEPA H13

Os filtros HEPA ("High Efficiency Particulate Air") são filtros que retêm as partículas de forma mecânica. São usados nos aviões para filtrar o ar dos passageiros, em salas de operações cirúrgicas, em máscaras, em sistemas de ar condicionado entre muitos outros. Os Filtros HEPA H13 são capazes de reter até 99,95% das partículas com mais de 0,3 micrómetros.

As partículas em suspensão têm diferentes tamanhos, e as que têm menos de 10 micrómetros conseguem entrar nos nossos pulmões, causando problemas de saúde graves.

  • As PM10 são partículas em suspensão com um diâmetro inferior a 10 micrómetros. 
  • As PM2.5 (ou partículas finas) são partículas em suspensão com um diâmetro inferior a 2,5 micrómetros.

 

A UE e a OMS consideram a massa total de PM10 e PM2.5 o indicador para a definição do seu padrão. 

As partículas em suspensão têm sido associadas a doenças e mortes causadas por doenças cardíacas ou pulmonares. Estudos afirmam que a exposição mais nociva a partículas em suspensão é a exposição prolongada a partículas finas (PM2.5).

Antes do filtro HEPA H13 é colocado um pré-filtro que retém partículas maiores, por exemplo, poeira. Isso ajuda a prolongar a vida do Filtro. É também possível juntar um filtro de carbono ativado para reter os componentes químicos.

Filtros PCO – Oxidação Foto Catalítica

Usa luz ultravioleta e dióxido de titânio. Os microrganismos são atacados por radicais livres de hidroxila e por iões superóxidos resultando na quebra da estrutura celular. Esses oxidantes penetram na parede celular, causando lise e inativando o microrganismo.

Ionizador

Os iões são átomos que ganharam ou perderam eletrões. Ao perder um eletrão torna-se um ião positivo e ao ganhar, torna-se um ião negativo. O ionizador de ar utiliza cargas energéticas (iões) para melhorar a qualidade do ar, utilizando eletricidade para liberar iões negativos no ambiente. Esses iões atraem e se ligam às impurezas como pólen, bactérias e esporos. As gotículas de ar expelidas e partículas de poeira que podem transportar vírus não possuem eletrões, por isso são atraídos por outros átomos e moléculas. Desse modo, os átomos liberados pela ionização se unem às micropartículas suspensas, tornando-as maiores, para que fiquem mais facilmente presas nos filtros. É um processo ativo que fornece desinfeção contínua. A tecnologia também produz uma reação química na superfície da membrana celular que inativa os vírus.

Purificadores de ar com UVC

Tubos fechados e com ventilação forçada do ar. O comprimento dos tubos, o número de lâmpadas e a velocidade do ar são calculados de forma que o tempo de circulação do ar no interior do tubo seja suficiente para promover a inativação das partículas virais presentes nos aerossóis.

Permite neutralizar mais de 99,95% de partículas virais, incluindo SARS-CoV-2, bactérias e outros micróbios presentes nos aerossóis de uma sala.*

Não gera CO², CO, ozono, PM 2,5, PM10, formaldeído e compostos orgânicos voláteis (totais e específicos)**.

Estas soluções são apropriadas para todos os espaços fechados, incluindo, escritórios, escolas, empresas, salas de espera, transportes públicos, hospitais, gabinetes, lojas, supermercados, centros comerciais e etc.

Podem também ser instalados em HVAC (sistemas de ar condicionado) existentes.

Desenvolvidos para funcionarem com a presença de pessoas.

*A atividade antiviral relacionada com o SARS-CoV-2 e a atividade antibacteriana relacionada com Staphylococcus aureus e Klebsiella pneumoniae, foram verificadas pelo Instituto de Medicina Molecular (IMM)

**Testes realizados pelo INEGI

Filtro de Carbono

O filtro de carbono elimina os odores do ar. Elimina também contaminantes, incluindo formaldeído, dioxinas, ozono e benzeno. É eficaz contra odores domésticos, tais como do tabaco, dos cozinhados e dos animais de estimação.

Ele também retém as impurezas, bem como partículas nocivas, poluentes, gases corrosivos ou irritantes e poluentes químicos (COVs) que estão presentes no ambiente, oferecendo uma melhora na qualidade do ar interior.

Os COVs (compostos orgânicos voláteis) são poluentes químicos que podem ter origem numa grande diversidade de fontes de emissão, como combustíveis, estofos, tapetes, roupas, perfumes, produtos de higiene e limpeza. A exposição a COVs pode provocar efeitos nocivos de curta ou longa duração na saúde. 

AIRA 45

  • Filtro HEPA H13.
  • Tecnologia UVC germicida
  • CADR (Clean Air Delivery Rate) m³/h – 35 a 45.
  • Dimensões: 12x12x20 cm
  • Alimentação USB
  • PVP 89,99

AIRA 320

  • Pré-Filtro, Filtro de Carbono, Filtro HEPA H13 e Filtro PCO Emissão de Aniões
  • Dimensões: 33x19x55 cm
  • Alimentação 230Vac
  • Tempo de vida do filtro – 2160 horas
  • Sinalizador de troca de filtro
  • PVP 189,99

Dynasys – Engenharia e Telecomunicações, S.A.


Centro Empresarial Sado Internacional – Edifício E4

Estrada Nacional 10, Vale da Rosa

2910-835 Setúbal, Portugal

Tel: +351 265 706 900

Fax: +351 265 706 909

info@dynasys.pt

comercial@dynasys.pt